Taxistas de MG criam aplicativo para concorrer com o UBER.

20/07/2017

Os taxistas de Montes Claros-MG contam com um aplicativo específico deles para concorrer com o Uber. Faz dois meses que 20 profissionais estão usando o sistema, que permite ao passageiro solicitar a corrida e ser atendido por um veículo mais próximo. A iniciativa é do Sindicato dos Taxistas, que contratou uma empresa de software de São Paulo para criar o aplicativo. O taxista tem de adquirir um aparelho celular que permita instalar o aplicativo, além de pagar R$ 7,50 por mês para a empresa paulista e mais R$ 300,00 para ser associado do sindicato. O atrativo que o Táxi Moc oferece em relação ao Uber, segundo o presidente Antônio José Souto, é a segurança que o passageiro tem de estar sendo atendido por profissional cadastrado e treinado para a função.

O valor da corrida feita por um taxista continua o mesmo preço, ou seja, com R$ 4,38 a bandeira inicial e depois R$ 2,50 por quilometro rodado no horário convencional e de R$ 3,00 no horário especial. O presidente Antônio José Souto assegura que esse preço deixa o serviço de táxi acessível, pois acusa que no Uber, depois de certo horário, o preço da tarifa quase que dobra, tornando o valor inacessível. Ele lembra que Montes Claros tem 198 taxistas legalizados na cidade e faz dois meses que esse aplicativo foi instalado, por iniciativa do sindicato e de comum acordo com a empresa paulista, que já desenvolve projeto similar em São Paulo. A sua expectativa é que em pouco tempo, todos os taxistas estejam usufruindo desse aplicativo.

O taxista José Claudio Sampaio, que tem ponto na Praça Coronel Ribeiro em Montes Claros, frisa que seu veículo foi cadastrado no aplicativo, mas por enquanto está sem usar, pois teve de trocar de aparelho celular. Entende que o serviço é interessante, pois além de concorrer com o Uber, dá mais resultados para os passageiros. Nesse aspecto lembra que nesse aplicativo dos taxistas, quando se pede uma corrida e acaba sendo suspensa, o cliente não tem que fazer o pagamento pelo cancelamento. No Uber, garante que feito o contrato, mesmo que haja o cancelamento, é cobrada uma taxa de R$ 6,00. José Cláudio salienta que o aplicativo ajuda tanto os taxistas como passageiros.