Servidor é demitido por usar ambulância para transportar cimento.

04/08/2017

Gilson Morawski, ex-Gerente de Ação Cultural de Cascavel-Pr, que ganhava mais de R$ 6300 foi exonerado do cargo após ser flagrado em vídeo.

Gilson Morawski, que até então era Gerente de Ação Cultural na cidade de Cascavel, foi flagrado usando uma ambulância (veículo publico) para fazer o transporte de sacos de cimento até sua residência, caracterizando assim um crime: fez uso de veículo do município para serviço particular.

Um policial da cidade e vereador, o Soldado Madril, recebeu em uma rede social uma denúncia dizendo que o tal servidor público estaria praticando o abuso, inclusive com fotos.

Gilson Morawski que trabalhava na Secretaria de Cultura desde o início de 2017, recebendo um salário de mais de R$ 6300 ocupava o cargo de Gerente de Ação Cultural, era nomeado (o famoso Cargo Comissionado, Cc), mas agora é ex-funcionário, foi exonerado imediatamente pelo prefeito.

O prefeito Leonaldo Paranhos comentou o caso: "Não é nem pelo valor... pelo valor do combustível, mais é pela 'agressão' que isso causa ao vizinho, a sociedade...".

Fonte: Balanço Geral Cascavel