PM de Cascavel é preso por matar idoso e forjar cena do crime.

25/10/2017

Policial militar do Pelotão de Choque é preso em Cascavel, acusado de matar um homem em 8 de fevereiro deste ano, em Santa Tereza do Oeste. De acordo com o comando, o PM forjou a cena de confronto na morte de Domingos Galon, 78 anos.

Durante a coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira (23) o comandante do 6º BPM, Major Rubens Garcez informou que no dia do crime, o PM Jean Capistrano estava de folga e segundo o comandante, o militar mudou a escala sem autorização prévia e seguiu para o local pois havia um confronto no local. Domingos, a vítima, foi morta com tiros de pistola 9 mm.

No local, segundo a investigação, uma arma calibre 36 foi encontrada e que seria de posse da vítima, mas a investigação apontou que a arma na verdade era do policial Capistrano.

Outro suspeito, Alisson Felipe Roveddor Machado também foi preso, pois é acusado de ser o mandante do crime. O homem teria desavença com a vítima. As investigações continuam e há a informação de que o policial recebeu de Alisson cerca de R$ 40 mil para executar Galon.

Um processo administrativo foi instaurado e pode resultar na expulsão do soldado da corporação. Capistrano estava na Polícia Militar do Paraná há sete anos e há três era militar do Pelotão de Choque. Segundo o comandante, o militar tinha um bom comportamento, até então. Ele permanece preso no batalhão e ainda não há informações se responderá em liberdade.

Fonte: catve.tv