Pequenos comércios querem proibir supermercados de abrirem aos domingos.

13/09/2017

Hoje em reunião realizada na Prefeitura de Sarandi, autoridades do Município, Acis, representantes dos pequenos comércios e o Sr. Agnaldo (dono da rede Bom Dia) discutiram sobre a atual situação dos comerciantes da cidade, o qual se sentem prejudicados com a nova lei Federal imposta no Pais que libera os grandes mercados a abrirem aos domingos e feriados.

Segundo os representantes dos pequenos comércios, a medida afeta drasticamente suas rendas, caminhando inclusive para a falência. A solicitação era que fosse feita a proibição da abertura destes mercados nestas datas, ou em domingos alternados, para que eles voltassem a arrecadar suas rendas nestes dias.

Houve-se um grande impasse, pois o poder publico não pode fazer nada referente a proibição por se tratar de uma lei federal, que é superior a qualquer lei Municipal.

O empresário Agnaldo e sua equipe foram os únicos representantes de grandes mercados, representando a Rede Bom Dia de supermercados, que possuem 5 estabelecimentos no Município. Agnaldo se mostrou apto ao dialogo apenas se os demais mercados aderirem, não apenas de Sarandi mas de Maringá também, para não "perder clientes" para a cidade vizinha.

Sarandi já conta com um grande histórico de "Cidade Dormitória" e se facilitar ainda mais para os consumidores irem gastar em Maringá o Município arrecadará menos e com isso terá menos renda para o poder publico investir em melhorias.

Segundo o Prefeito Walter Volpato, a cada dez reais conquistados em Sarandi oito são gastos em Maringá, índice que dificulta ainda mais no crescimento de pequenos comerciantes.

Por outro lado, os pequenos comerciantes alegam que terão de fechar as portas se a situação continuar desta maneira, já que seu maior lucro na maioria das vezes é no domingo quando os mercados não abriam.

Os vereadores juntamente com o Prefeito irão ver a possibilidade de se reunirem em Maringá com o Ulisses Maia e demais autoridades da cidade vizinha, pra ver se juntos entram em um consenso, quem sabe até reduzindo, em comum acordo, os domingos que os mercados trabalharão, porém deve ser feito em um "acordo de cavalheiros" já que a lei federal impede qualquer outra medida mais drástica.

Participaram da reunião o Prefeito Walter Volpato, Vereadores Eliana Trautwein Santiago, Carlos Roberto Falashi, Eunildo Zanchin, Dionizio Viario, Gilberto Messias e representantes dos Vereadores Erasmo Cardoso, André Luiz e Cido Polícia, juntamente com Agnaldo (dono da rede Bom Dia), Ricardo (Presidente da Acis) e Representantes dos pequenos Comércios de Sarandi.