Empresa consegue autorização para levar lixo de Maringá para Sarandi.

07/07/2017

A Empresa que administra o Aterro Sanitário de Sarandi (Estre Ambiental) conseguiu uma liminar na justiça para receber lixo de Maringá.

O Aterro está sendo operado pela iniciativa privada desde 2011, e de lá pra cá, além do lixo de Sarandi, o aterro começou a receber também lixo de grandes empresas e também de outros 3 municípios da região: Floraí, Mandaguaçu e Corumbataí do Sul.

Somando o lixo que vem de outros municípios e também das empresas, Sarandi recebe hoje 250 toneladas por dia.

O aterro de Sarandi é uma das empresas que estão participando da licitação aberta pela Prefeitura de Maringá. Por enquanto a licitação da prefeitura de Maringá está suspensa pelo Tribunal de Contas do Estado que quer maiores esclarecimentos sobre a licitação em si e sobre o plano de resíduos.

Diante da possibilidade do uso de Maringá, a Prefeitura de Sarandi se antecipou e mandou para câmara um projeto de lei proibindo recebimento de lixo de outras cidades, projeto esse que já foi aprovado.

A empresa por sua vez, recorreu e conseguiu uma liminar na justiça para continuar trabalhando normalmente, e a partir de quinta (06/07) voltou a funcionar normalmente atendendo todos os grandes geradores antes atendidos.

Fonte: g1.com/pr