Confusão no UPA de Sarandi.

28/07/2017

Na tarde de ontem tivemos uma situação complicada no UPA de Sarandi, o qual um homem teve crise de convulsões enquanto aguardava atendimento.

O vídeo foi publicado nas redes sociais, aonde vimos a euforia das pessoas solicitando um atendimento imediato.

Na descrição do vídeo, a autora das filmagens revoltada alegou que o rapaz estava há 5 horas aguardando atendimento e que não haviam médicos no local. Já a direção do UPA de Sarandi passou uma versão diferente da compartilhada, aonde disse que ele havia passado pela triagem, mas que no momento estava estável e por isso ficou aguardando na vaga de espera, aonde após a crise convulsiva o rapaz foi atendido imediatamente.

Acompanhe as informações abaixo.

AUTORA DO VÍDEO:

"5 horas para ser atendida.

Durante essas 5 horas vi verdadeira cenas de horror pessoas voltando para casa sem atendimento, pessoas precisando de atendimento rápido como idosos, gestantes, bebês e sendo tratados como lixo humano.

Sem médico na UPA de Sarandi os funcionários se viram como podem muito revoltante. Será que nosso prefeito Walter Volpato II passa por isso (que o rapaz das imagem passou ele tem problema no coração e só foi atendido depois de confusão junto com demais) quando procura um médico na cidade ??????

Aos amigos que não gostarem que os marquei simplesmente excluam só achei que os marcando mas poderia ver realmente o que está acontecendo em nossa cidade."

DIREÇÃO DO UPA:

"Em relação ao vídeo que foi divulgado nas redes sociais, a direção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Sarandi informou que o paciente estava estável quando passou pela triagem e por isso, ficou aguardando o atendimento. Logo após a crise convulsiva, ele foi prontamente atendido e medicado, tendo alta três horas depois. Portanto, a informação de ele teria aguardado mais de 5h não é verdadeira. O plantão contava com 2 médicos, sendo que 1 estava de atestado e a equipe de enfermagem. A Prefeitura já liberou a contratação de mais médicos para suprir a demanda de atendimentos na unidade, mas esse processo burocrático leva alguns dias."


Veja o vídeo na integra:

Jovem tem convulsão no UPA de Sarandi

Na tarde de ontem tivemos uma situação complicada no UPA de Sarandi, o qual um homem teve crise de convulsões enquanto aguardava atendimento. O vídeo foi publicado nas redes sociais, aonde vimos a euforia das pessoas solicitando um atendimento imediato. Na descrição do vídeo, a autora das filmagens revoltada alegou que o rapaz estava há 5 horas aguardando atendimento e que não haviam médicos no local. Já a direção do UPA de Sarandi passou uma versão diferente da compartilhada, aonde disse que ele havia passado pela triagem, mas que no momento estava estável e por isso ficou aguardando na vaga de espera, aonde após a crise convulsiva o rapaz foi atendido imediatamente. Acompanhe as informações abaixo. AUTORA DO VÍDEO: "5 horas para ser atendida. Durante essas 5 horas vi verdadeira cenas de horror pessoas voltando para casa sem atendimento, pessoas precisando de atendimento rápido como idosos, gestantes, bebês e sendo tratados como lixo humano. Sem médico na UPA de Sarandi os funcionários se viram como podem muito revoltante. Será que nosso prefeito Walter Volpato II passa por isso (que o rapaz das imagem passou ele tem problema no coração e só foi atendido depois de confusão junto com demais) quando procura um médico na cidade ?????? Aos amigos que não gostarem que os marquei simplesmente excluam só achei que os marcando mas poderia ver realmente o que está acontecendo em nossa cidade." DIREÇÃO DO UPA: "Em relação ao vídeo que foi divulgado nas redes sociais, a direção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Sarandi informou que o paciente estava estável quando passou pela triagem e por isso, ficou aguardando o atendimento. Logo após a crise convulsiva, ele foi prontamente atendido e medicado, tendo alta três horas depois. Portanto, a informação de ele teria aguardado mais de 5h não é verdadeira. O plantão contava com 2 médicos, sendo que 1 estava de atestado e a equipe de enfermagem. A Prefeitura já liberou a contratação de mais médicos para suprir a demanda de atendimentos na unidade, mas esse processo burocrático leva alguns dias."

Publicado por 4k Notícias em Sexta, 28 de julho de 2017